Bagó se diversifica no Brasil com fórmulas infantis. O grupo fechou acordo de licenciamento com os neerlandeses da Ausnutria para comercializar a marca Kabrimil. Trata-se de fórmulas à base de leite de cabra com as quais tentará quebrar o reinado da Nestlé e da Danone, líderes em apresentações à base de leite de vaca.

O grupo Bagó lançou no Brasil sua divisão de nutrição, uma categoria com um crescimento mundial contínuo. E o pontapé desse novo negócio foi dado com Kabrimil, fórmula infantil à base de leite de cabra.

Para este desenvolvimento, a Bagó fechou acordo de licenciamento com a neerlandesa Ausnutria, proprietária da marca Kabrita. Fundada há mais de 100 anos, esta companhia é especializada em leites em pó e fórmulas. Ver Ausnutria.

Para acolher essa nova unidade de negócios, a empresa comandada no Brasil por Fernando Loaiza construiu uma planta de 3.000 m² nas instalações que tem no Polo Industrial de Colatina, no estado de Espirito Santo. O ato contou com a presença do governador Renato Casagrande e do prefeito da mencionada cidade, Guerino Balestrassi.

Em 2012, a Bagó estabeleceu sua fábrica do Espirito Santo no Polo Industrial de Colatina. Com um investimento de R$ 80 milhões (USD 16,1 milhões), a fábrica ocupava originalmente um espaço de 43.500 para a elaboração de produtos de linhas tais como nutrição, farma, biológicos e cosméticos. Ver Comunicado.

Na Argentina, a Bagó participa em um joint venture que celebrou no ano de 2000 com a também neerlandesa Nutricia. Empresa que foi adquirida em 2007 pelo grupo francês Danone e cujo produto estrela é a linha de leites infantis Nutrilon.

USD 1: BRL 4,96

Ver artigo em espanhol

RENATO CASAGRANDE, GOV. ESPIRITO SANTO; FERNANDO LOAIZA, PRES. BAGÓ DO BRASIL; GUERINO BALESTRASSI, PREF. COLATINA.

 

 

Dejar respuesta

Escriba su comentario
Ingrese su nombre