Versão em Português

O grupo brasileiro de perfumaria e cosmética O Boticário está se preparando para o novo cenário pós-pandemia da COVID-19. A companhia explicou que o setor varejista deverá enfrentar mudanças no mix de vendas, crescimento do e-commerce e uma menor frequência nos pontos de venda.

No Brasil, o Grupo O Boticário está definindo sua própria estratégia para enfrentar a nova realidade à qual deverá se adaptar o comércio varejista após o impacto econômico gerado pela pandemia. Ver artigo Valor Econômico.

De acordo com a explicação dada por Artur Grynbaum, presidente da companhia, ao jornal Valor Econômico, a “nova normalidade” do setor varejista estará marcada por uma menor frequência em lojas. Em paralelo, asvendas por e-commerce serão a tendência, ao mesmo tempo que haverá mudanças no mix de produtos.

A empresa fundada por Miguel Krigsner foi constituída como a maior rede de franquias do Brasil com mais de 4 mil lojas distribuídas em 1750 cidades. A firma tem sob seu domínio a marca Eudora e Vult – adquirida em 2018; as franquias multimarca The Beauty Box; e Quem disseBerenice; e o seu negócio Multi BVer artigo Ver artigo

Dejar respuesta

Escriba su comentario
Ingrese su nombre